Terça-feira, 02.06.09

Ela olhava-me com olhos curiosos.

Sentou-se no meu colo e perguntou-me:

"Porque nao vens brincar? Porque estas a chorar? Caiste?"

Apertei-a contra o meu regaço. Ela é inteligente e perspicaz, mas no entanto a sua inocencia ainda nao a deixou conhecer este mundo...

 

Por um lado nao quero que cresça. Quero que se deixa estar, com as suas tranças, com a sua vontade de devorar "Chupa-chups", quero que se mantenha assim, com o seu metro e vinte. Nao me apetece que cresça, que conheça o mundo estranho em que vivemos, que sofra... Protejo-a o mais que posso, e quero que o motivo de choro seja apenas um trambolhao ou mais um arranhao... Sei que muitas crianças sofrem, e apercebem-se do que o mundo é cedo demais... Nao deveria ser assim... Deveriam ter tempo para brincar, para sonhar, para rir, deveriam ter motivos de sobra para se sentirem amados e protegidos... afinal, quando crescemos temos tanto tempo para sofrer, para derramar lagrimas, para trabalhar, para endoidecer com este mundo... Porque nao podem todas as crianças simplesmente ser crianças?

 

Puxa-me pela mao. "Anda brincar! Tu nunca brincas"

Sigo-a... O seu mundo imaginario derrota por momentos o meu mundo real, e recordo que a vida é um recreio, mas nos esquecemos de brincar, a partir do momento que crescemos...

Enquanto penteia bonecas, sorri-me e canta baixinho. Quero rouba-la do tempo, mas percebo a muito custo que a vida é mesmo assim, um ciclo vicioso... e da mesma forma que a tento proteger e a olho ja com saudade, tentara ela um dia proteger a sua descendencia...

 

"Mama, muitos meninos nao brincam em casa... Mama, muitos meninos nao recebem beijinhos como eu..."

 

"Filha, muitos adultos nao sabem dar beijinhos, nao sabem dar amor... so sabem causar sofrimento, até mesmo a seres pequeninos e inocentes" - é o que me apetece dizer... mas nao digo... nao quero acorda-la ja...

"Meu amor, todos os meninos tem direito a beijinhos, e a brincar..."

"Todos mesmo, mama?"

"Sim!"

Suspira... "Ufa, estou mais descansada..."

 

Texto ficticio para a Fabrica de Historias...



publicado por Jo às 10:48 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 12.05.09

Estava a ler o jornal, quando me deparo com o titulo: Na India - 1.2 milhoes de crianças na prostituiçao.

 

Arrepiaram-se-me os cabelos todos dos braços e das pernas, pele de galinha que ainda estou a sentir.

 

Nao entendo, nao percebo, da-me nojo, entristece-me. Cabroes, cortava-lhes a pila a todos, pedofilos de um caraças...



publicado por Jo às 09:04 | link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito

Terça-feira, 31.03.09

Na noite de domingo passado, por sentir muitas saudades da avo, uma criança de tres anos "fugiu" de casa, em direcçao a cidade alema Regensburg.

De pijaminha e pantufas e com uma garrafa na mao, o pequeno pos pés a caminho. So algum tempo depois foi interceptado por um transeunte que, apesar de varias tentativas nao conseguiu faze-lo dizer o seu nome ou morada no districto de Schweinfurt.

O senhor levou a criança para sua casa, deu-lhe bolachas e chamou a policia.

 

So a muito custo é que o agente conseguiu "arrancar-lhe" o nome, mas continuou sem saber onde este vivia, percorrendo com o miudo, no carro patrulha, toda a cidade na esperança que este identificasse a sua casa.

 

Mais tarde, finalmente, os agentes da policia conseguiram encontrar a casa do pequeno aventureiro. A mae ainda nao se tinha apercebido que a criança saira de casa... Talvez por isso ele sentisse tanto a falta da avo...

 

Independentemente do porque da mae ainda nao se ter apercebido da ausencia do pequenino, é realmente de lamentar o rumo que as coisas estao a levar...o stress e sociedade cada vez mais desviam a atençao dos pais e desprotegem as crianças (falando de um modo geral obviamente).

 

 

 



publicado por Jo às 12:44 | link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 17.03.09

O sol brilha la fora. A vontade, apesar do frio que se faz sentir, é sair e abraçar a Primavera que esta a porta...

O caso do "pai" - que atentado a palavra que o meu tao bem representou! -  Josef Fritzl que manteve a sua filha em cativeiro durante 24 anos, violando-a, esta na ordem do dia. O pai teve sete filhos com a propria filha, criando tres deles com a esposa, que supostamente nao saberia de nada...

A filha viveu anos em cativeiro numa cave humida, gelada, na companhia de ratos e lixo.

 

Este homem (ou besta, ou animal, ou filho da p*ta - fica ao critério de cada um) tem 73 anos. Pedem a prisao perpétua... Pois... e agora digam-me como é que um velho, que se calhar so tem mais dez anos de vida, pagara por um crime tao horrendo, cometido durante anos e anos...

 

No que me diz respeito, eu era bem capaz de lhe arrancar a chouriça e os tintins e faze-los engolir.



publicado por Jo às 10:57 | link do post | comentar | ver comentários (23) | favorito

Quarta-feira, 28.01.09

Ha varios dias que me debatia com a mesma incerteza... escrevo ou nao sobre isto? Escrevo... nao escrevo... escrevo... e aqui estou...

Todos os dias quando leio o jornal vem mais um "update" relacionado ao caso que se deu na sexta-feira, quando um (epa, caraças, quero dizer animal, monstro, etc...), va, um rapaz de 20 anos entrou numa creche e matou dois bebés e uma auxiliar... Tudo planeado... Foram encontrados os planos no seu computador, assim como uma pasta com fotos de uma senhora que havia sido assassinada uma semana antes. Ele, Kim De Gelder, assassinou a idosa... Quando foi preso vestia um colete a prova de bala, tinha uma faca, um machado e uma pistola, havia pintado o cabelo de laranja e o seu rosto estava maquilhado de branco.

 

Primeiras impressoes nos jornais:

- Baseou-se no "Joker" do filme do "Batman".

- Foi sempre uma criança calma, recatada, nunca deu problemas, sempre um filho amavel, apesar de calado.

- Na escola nunca se metia em problemas

- Vem de uma familia com posses, saira da vivenda dos pais ha uns meses e vivia agora num apartamento (a meu ver, bastante luxuoso)

 

Segundas impressoes:

- Deixara o seu emprego quinze dias antes do crime

- Kim nao abre a boca para dizer nada.

- Continua em greve de fome (so what???)

 

Terceiras impressoes:

- Ja tem um advogado, que diz ter falado com o (mais uma vez...monstro? assassino??) jovem criminoso.

- O advogado informa que Kim afirma nao ter tido motivo para o que fez (Was it just for fun??)

- Afinal, Kim nao era uma criança normal, os pais tentaram interna-lo varias vezes... (ah bom... engraçado como as versoes mudam, e sempre a favor deste ... deste... desta besta.)

 

Impressoes actuais:

- Kim tinha tendencias esquizofrénicas.

- Afirma que nao se recorda de nada do que aconteceu na creche.

- O advogado diz nao acreditar que se tratasse de um plano, apesar de estar tudo escrito - nomes e moradas de creches, mapas, etc - e de este se ter preparado para massacrar 70 pessoas (pois planeava ir a mais 3 creches) pois nao havia um motivo para ele escolher as creches que escolheu (pois, e desde quando isso prova que nao havia um plano se as provas la estao??)

 

Independentemente da opiniao de cada um, eu abordo este assunto como o vejo... Muitos grupos e protestos se estao a formar e a fazer pedindo a pena de morte para este homem.

Hoje, a caminho do trabalho, enquanto ouvia a opiniao de uma advogada, que dizia que todo o ser humano tem direito a uma defesa, mesmo tendo feito ele o que fez, pensei eu para mim "Mas quem faz isto nao é humano..."

 

E como estudante de direito, sinto desfalecer por segundos so de pensar em defender alguém como esta pessoa... o meu sentido de justiça tera que mudar muito se um dia quiser ser advogada, porque um advogado nao pode desejar a morte a um ser destes, e se ha coisa que acho é que ele devia morrer. Nao sou Deus nao... eu sei! Mas e ele? é? para tirar a vida a seres inocentes? Para destruir as vidas dos pais das vitimas e as dos seus proprios pais?

 

A meu ver nao era preciso muito... bastava nao fecharem a chave a porta da enfermaria. Tenho a certeza que alguém trataria de lhe tirar a sorte... e quem sao essas pessoas, que também cumprem pena, para fazerem justiça? Isso a mim nao me interessa. Interessa-me sim que ele vive a 20kms de minha casa e eu um dia serei mae, e nao me admiraria nada se por essa altura ele ja estiver livre.

 

Duma coisa tenho a certeza, a uma pessoa assim, que me tocasse num familiar, eu faria justiça pelas proprias maos... nao, nao sou nenhum anjo e sim, acho que todo o ser humano tem direito a oportunidades e defesa, mas para mim ele e outros como ele sao tudo menos seres-humanos.

 

 A foto... e as vezes temos nos medo de um homem grande e com mau aspecto que passe por nos na rua...

 



publicado por Jo às 12:32 | link do post | comentar | ver comentários (33) | favorito

Quarta-feira, 21.01.09

Verao... estavamos em Coimbra, sentadas numa esplanada, a beber um café e umas aguas "Freeze" (que aqui nao temos).

Uma miuda de tres anos esta sentada na mesa ao lado com a avo, e as amiguinhas de cha da avo... Tudo senhoras com os seus sessenta e tais...

A miuda, muito castiça, puxa a avo e diz:

- Avo, ja sei o que vou ser quando for grande!

- Ai sim? O que?

- Quero ser gay!

 

Um aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii invadiu aquela mesa. Nos, na mesa ao lado, começamos a rir-nos. Foi inesperado, foi natural e foi dito por uma criança de tres anos.

 

A avo, olha-nos de lado, olha para as amigas do cha, muito envergonhada e responde:

- Eu sei porque é que tu dizes isso sei! Sabes porque? Sabes porque?

- Nao, nao é por causa dos "Morangos com açucar"! é porque nao tenho paciencia para aturar os homens!!!!!

 

Risada total... Sem duvida que naquele dia, naquele tarde de calor insuportavel, estavamos nos em "casa", e simultaneamente tao longe de casa, e rimos até nao aguentarmos mais...

 



publicado por Jo às 12:14 | link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito

Sexta-feira, 09.01.09

Mundos diferentes...

Realidades diferentes...

Tipo de exploraçao diferentes...

 

 

 

Independentemente do futuro, o presente é uma infancia roubada... seja pelo crescer a força no trabalho duro, seja pelo crescer a força devido a manipulaçao e deturpaçao do que é apropriado para a idade das crianças...

 

é triste... saber que muitas crianças nao tem tempo para brincar, para crescer gradualmente... é triste ver que adultos ganham a vida a custa disto...

 

é triste saber que nao ha nada que possa fazer...

 

 



publicado por Jo às 20:12 | link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Este sim, o meu blogue mais que pessoal...
mais sobre mim
posts recentes

Chocante...

Sindrome de Down e o abor...

Drasius Kedys

Isn't he lovely?

Ultima parada 174

Egoísmo, burrice ou malda...

5 aninhos...

Quando os miudos nao acei...

Chocante!

Digam la que este mundo n...

arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

mais comentados
23 comentários
13 comentários
13 comentários
6 comentários
4 comentários
comentários recentes
Olá, pessoalmente ficava pelo perfume da Armani......
existem diferenças! mas temos de assegurar que ele...
No plano mental é muito fácil julgar...
bem tenho andado desaparecido mas quando decido ve...
Ricardo, o link so nao é para alguns, mas é por es...
não era mais facil colocar logo aqui o link da nov...
Parabens... O teu blog eh fixe.Eu tbm ja tou cm o ...
E que muitos outros anos se repitam... para sempre...
Querida Jo,Fiquei triste, porque gosto de ir passa...
Adoro o blog
blogs SAPO
subscrever feeds