Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008

Nos tempos que correm temos tendencia a dizer que o destino nao existe, que o verdadeiro amor se perdeu... tudo isso se calhar devido a importancia que é dada a outros factores, as pessoas esquecem-se de sentir o que realmente é o amor...

 

Hoje vou contar-vos uma historia... uma historia real, que existe ja impressa e contada num livro para crianças e que em breve chegara as salas de cinema, visto que Hollywood conseguiu o relato por parte dos seus intervenientes...

 

Era uma vez (todas as historias com final feliz começam com o famoso "Era uma vez") um rapazito judeu de doze anos e nome Herman, que fora levado para um dos campos de concentraçao do Nazismo. O pai faleceu logo, a mae foi separada dos filhos e este nunca mais a viu.

Todos nos sabemos, ou ja ouvimos falar sobre as barbaridades cometidas contra os judeus, e este rapazito nao foi excepçao... Passava fome, era maltratado. O seu dia-a-dia era a escavar terra...

 

Um dia, uma menina passou do outro lado da rede que separava aquele mundo cruel da civilizaçao normal. Era polaca,crista, tinha 9 anos e chamava-se Roma. Roma, ao ver aquele jovem, sentiu tanta pena que lhe atirou uma maça. Os dias foram passando, meses passaram, e aquela menina passava la todos os dias e atirava pao, maça, pao, maça... Sempre receosa que algum nazi a visse, mas no entanto nunca desistiu de prestar a sua solidariedade aquele miudo... Nunca trocaram uma palavra. Nao sabiam o nome um do outro. Ela so lhe atirava a comida e ia embora. Até ao dia em que ele lhe sussurrou "Amanha nao venhas... Vao levar-me para outro campo. Nao voltes mais!"

 

E assim foi.

 

Quando a guerra terminou, ele foi liberto e mudou-se para Londres, onde tirou o curso de electricista. A menina, ja crescida, foi para Israel e tornou-se enfermeira.

 

Herman mudou-se para New York, e acabou por abrir la uma loja de reparaçao de televisoes. Num domingo a tarde um amigo ligou-lhe a dizer que conhecia uma rapariga porreira que gostaria que ele conhecesse. Herman nao gostava de "blind-dates" mas acabou por ceder.

 

Quando a conheceu achou-a agradavel, e a conversa fluia agradavelmente. Eventualmente acabaram por falar sobre a guerra... e foi entao que quando Herman contou que havia estado num campo em Schlieben, Roma disse que também havia vivido la... e que durante meses atirava comida a um rapazinho, que trabalhava do outro lado, no campo de concentraçao.

 

Herman quase nao acreditava no que ouvia, nesse momento teve a certeza que a sua frente estava a mulher da sua vida, o seu anjo, como sempre havia chamado a menina de 9 anos que o alimentou. Nessa mesma noite pediu-a em casamento...

 

50 anos ja contam como casados...

 

A sua linda historia de amor ja existe contada num livro infantil "The Angel Girl" e sera brevemente adaptada por Hollywood.

 

E agora digam-se... quem é que depois de conhecer esta historia nao acredita que um dia vivera assim um amor? A esperança re-acorda..  :D

 

 

 

 



publicado por Jo às 12:05 | link do post | comentar | favorito

8 comentários:
De mara a 16 de Outubro de 2008 às 12:51
expectaculo!!!!


De Jo a 17 de Outubro de 2008 às 09:00
podes crer :p

So a mim nao me aparece assim um prins :p

Vai la vai :)


De Beatriz a 16 de Outubro de 2008 às 14:53
Desculpa a pergunta, mas o teu blog é mesmo todo branco?
Se tem imagem não se consegue ver.


De Jo a 16 de Outubro de 2008 às 14:57
Ola Beatriz, obgdo pela visita..
Sim o meu blog é mm todo branco :)

beijinhos e volta sempre


De Pedro Ferraz a 17 de Outubro de 2008 às 01:36
a história é mt gira... =) eu não me acredito no destino... nós fazemos o nosso próprio destino!! mas claro k acredito no amor, por mais vezes que a vida nos pregue partidas.. =) um dia o verdadeiro amor aparecerá... ;)


bxinhu


De Jo a 17 de Outubro de 2008 às 09:01
Pa mim, pa ti e pa tds nos q tamos sozinhinhos... né primo? Se nao aparecer tb nao interessa... vive-se na mm ...

Beijo enorme com mtas mtas saudades ...


De Luar a 18 de Outubro de 2008 às 23:01
Uau , que História linda, nunca a tinha ouvido, o que é uma pena, ainda bem que a vão transportar para filme...
Realmente é uma bonita história de amor, mas às vezes acredito que só algumas pessoas é que tem a sorte de viver um grande amor, um amor verdadeiro... mas acredito no amor, bom era que todas as pessoas tivessem a sorte de viver um amor assim tão mágico...
beijinhos


De Jo a 19 de Outubro de 2008 às 10:37
Ola rascunhos :)

Pois é as xs tb tenho essa ideia, de q é so para alguns... e se calhar ja tem mm de ser assim, senao historias assim deixariam de ser magicas... mas tenho ca uma inveja !!! (saudavel !! )

beijoca e obgdo pela visita


Comentar post

Este sim, o meu blogue mais que pessoal...
mais sobre mim
posts recentes

Eu vou para outras parage...

Um ano...

Diferenças culturais...

Apanhei uma buba...

Chocante...

Nada melhor do que conver...

Apanhei uma buba...

ai...

é gozo nao é ?

Entao a modos que...

arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

mais comentados
47 comentários
45 comentários
42 comentários
41 comentários
36 comentários
36 comentários
comentários recentes
Olá, pessoalmente ficava pelo perfume da Armani......
existem diferenças! mas temos de assegurar que ele...
No plano mental é muito fácil julgar...
bem tenho andado desaparecido mas quando decido ve...
Ricardo, o link so nao é para alguns, mas é por es...
não era mais facil colocar logo aqui o link da nov...
Parabens... O teu blog eh fixe.Eu tbm ja tou cm o ...
E que muitos outros anos se repitam... para sempre...
Querida Jo,Fiquei triste, porque gosto de ir passa...
Adoro o blog
blogs SAPO
subscrever feeds