Quarta-feira, 19 de Novembro de 2008

Quando eu era pequenina, ai com os meus quatro anos, queria ter seis para poder ir para a escola, como iam os meus primos mais velhos… queria crescer rapido para poder brincar no recreio com os outros meninos… Cresci…

O tempo passava lentamente, mas passava. Nao tardou muito até eu entrar para a escola. Entao la, ja a brincar com outros meninos e a aprender a ler, comecei a desejar ardentemente crescer rapido para ir para o « ciclo ». Queria mudar para uma escola maior, aprender ingles, apanhar o autocarro como gente grande, ter troquinhos para comprar a senha de almoço, para comprar um bolo ou um sumo… afinal, quando mudasse para o « ciclo » ia tornar-me crescida, e responsavel.
Os anos passaram e finalmente fui para a nova escola, com colegas que vinham da primaria, mas também novos colegas. Ja nao tinha a minha professora… em vez dela, tinha agora mais do que uma mao cheia de professores, mais que um TPC, mais do que dois ou tres testes… Acho que entao nao me apercebi que juntamente com a imagem de criança/adulta que eu queria passar para as manas e primos mais novos, estava a começar a integrar-me lentamente (um processo que duraria anos) num mundo e sociedade que um dia me roubaria a inocencia para sempre.
Com onze anos, eu queria ter doze para poder sentar-me no lugar da frente, ao lado do meu pai, quando a minha mae nao ia… as vezes o pai ainda abria a excepçao, mas era tao raro, que eu pensava – « Deixa-me fazer doze anos e nao tens desculpa para me obrigar a ir atras !! »
Doze anos feitos . Ja estava a ficar crescida. Ja podia acompanhar o pai a frente. Ja me sentia uma mulherzinha, e ao mesmo tempo sabia-me uma criança. Com doze anos, devorava livros e sonhava. Sonhava que um dia cresceria e conheceria o mundo. Sairia de Portugal, viveria tudo aquilo que queria. Com doze anos ja sonhava alto.
 
Aos catorze queria ter dezasseis. Idade para sair mais. Idade para namoriscar. Idade para conhecer a vida. Idade para estar ja no « secundario ». E aos dezasseis queria ter dezoito. Dezoito para entrar para a faculdade, para tirar a carta de conduçao, para ser dona de mim…(tonta !) 
Aos dezoito entrei para a faculdade, mas nao tirei a carta. Comecei a trabalhar, fiquei a viver sozinha, e ai sim, deu-se o verdadeiro salto…
Aos dezoito ja nao pensava que queria crescer para ter esta ou aquela regalia, mas sim porque seria sinal que o tempo voou e tudo o que eu estava a viver ja nao existiria…
Aos vinte ja começava a querer voltar aos dezoito…
Hoje, nao deixo de ter os meus projectos, os meus sonhos, os meus objectivos. Nao deixo de pensar no futuro, mas nao sem espreitar o passado e desejar ser criança mais uma vez… nao deixo de comparar os veroes de criança, que duravam eternidades, com os veroes de adulta, que passam a voar… nao deixo de comparar os natais cheios de surpresa, com os actuais natais, muito mais comercialmente vistos por mim… Nao deixo de comparar a uniao entre os primos que um dia houve, quando juntos brincavamos aos herois, e que hoje ha, cada um para o seu lado, com respectivas familias e muitos ja com filhos…
 
Ha algo que nao mudou… esta mulher, miuda como muitos me chamam… corpo de adulta, mente racional, mas coraçao de criança, sonho de criança em mim… e a crença (ainda que absurda e infantil), ou melhor, o nao acreditar que um dia tudo acabara… a crença de que o papa, a mama e as manas vao estar sempre comigo… e no entanto, ve-los envelhecer, e constatar que os problemas de saude afinal vao aparecendo, e aperceber –me que o que tanto desejei, o crescer, nao me deu nada do que quis, ou melhor, por vezes deu, mas foi passageiro…
 
Eu gostaria de ser pequenina outra vez… Brincar com elas as escondidas, comer gelados a toda a hora sem pensar numa unica caloria. Correr entre os montes para apanhar pinhas e saber que quando chegasse a casa ia levar um sermao por voltar toda suja.
 

Eu gostaria de nunca ter desejado tao ardentemente ser crescida…



publicado por Jo às 11:18 | link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito

Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

Ai o caralho... Mas este gaijo ja vai começar?? Ja me subiu outra vez a cabeça aquela vontade subita de lhe mandar com o telefone a cabeça... o caralho do gajo nem a porcaria do telefone atende... Que raiva !!!!

 

Bart, odeio-te !



publicado por Jo às 11:52 | link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008

Hoje, pela primeira vez em meses, nao me proibi de chorar... e pior, é que senti pena de mim mesma...

 

E nao, nao é TPM, mas preferia que fosse...


tags: ,

publicado por Jo às 23:35 | link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito


tags: ,

publicado por Jo às 23:33 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008

Sou do tempo em que sonhar era permitido... sou do tempo em que sonhar e acreditar em sonhos era perfeitamente normal...

Sou do tempo em que grande parte das crianças viam filmes da Disney e sonhavam com os mesmos... Ainda me lembro do primeiro filme da Disney que vi... "A Pequena Sereia". Eu tinha uns cinco anos. A  Catarina ainda nao era nascida mas a Mara ja e no Natal o meu pai chegou a casa com uma copia do filme, ainda em cassete, com a capa do original, mas a preto e branco. Nao havia dinheiro para mais, mas a alegria foi tao grande. Agora que me estou a lembrar disto até me vem as lagrimas aos olhos... Era o primeiro filme que tinhamos, era nosso! Eu e a Mara viamos o filme a toda a hora... excepto ao domingo a tarde, porque o fim da tarde era dedicado ao MacGyver.

 

Assim crescemos a ver os filmes da Disney, com o tempo, com a melhoria de vida dos meus pais, iamos, ou melhor eles iam comprando mais filmes...E assim crescemos a conhecer "A Pequena Sereia", "A Dama e o Vagabundo", "A Cinderela", "A Bela Adormecida", "Bambi", "Mulan", "Alladin" e outros... muitos outros... Crescemos a sonhar com principes e princesas, crescemos num mundo encantado de criança...

Obrigado Pai e obrigado Mae... Tudo o que sou devo a voces... Nao, nao é a Disney... a Disney foi so uma das coisas que me lembrei esta manha enquanto pensava na sorte que tenho por voces serem os meus pais ...

 

Snow White canvas art print by Disney

 

Hakuna Matata canvas art print by Disney

 



publicado por Jo às 10:45 | link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito

Quarta-feira, 12 de Novembro de 2008

Ontem foi feriado... Peguei na L. e fomos para Mons, ao encontro de uns amigos meus que trabalham para a Nato.

Depois do almoço fomos visitar uma catedral e de seguida a casa de Van Gogh, quando ele viveu em Borinage, na Bélgica. Epa, interessantissimo... adorei. Um pormenor curioso da dita casa é que a parte traseira começou a ceder e a casa esta agora ligeiramente inclinada. Nao sei se na foto seguinte da para ver, mas eu tirei umas fotos que depois "posto" aqui.

 

 

 

 

 

 

 

Em breve, gostaria de visitar o seu tumulo e do irmao, Theo, que faleceu 6 meses depois de Vincent... Ambos sepultados lado a lado, no cemitério de Auvers-sur-Oise.a relaçao entre eles era tao forte, que foi feita uma estatua de ambos, com um so coraçao, de modo a ilustrar a relaçao e os laços fortes que uniam os dois irmaos.

Imagem:Grave of Vincent van Gogh.jpg

 

 



publicado por Jo às 11:02 | link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Segunda-feira, 10 de Novembro de 2008

O fim-de-semana em Portugal ja passou... e por algumas razoes nao fomos para Coimbra como planeado, mas sim para Peniche. Nao me arrependo. Era tudo tao bonito, desde a cidade até ao local onde ficamos a dormir...

Os pontos altos desta viagem:

- Vi a minha melhor amiga - Soninha :)  (mas ja tenho saudades)

- Comi uma francesinha

- Comi pasteis de nata, bolo de bolacha, panike de ovo

- Passeamos muito

- Conheci o meu esposo e pai dos meus filhos LOOOOL ( lole????). és um gaijo mesmo a maneira pah! mas isso ja eu sabia ! :)

- Fomos todos até uma discoteca gay... fomos ao engano, mas pelos vistos houve quem gostasse (nao é Emanuel??) e quem tenha pena de nao ter ido (nao é Mario??) :D

- Acabamos por adormecer todos a ver o Top+ :) somos demais :)

Soninha, ja tenho saudades :(

Pastelinho, foi mesmo fixe :) bora repetir? é pena ter passado tao rapido, mas oportunidades nao hao-de faltar e se possivel com o Mario junto, para voces decidirem finalmente o que querem da vossa vida :) Fora de brincadeiras, és 5 estrelas e nao me surpreendi, porque afinal ja te conheço bem :) Beijo da belgique para ti!

 

Eu no meio do deserto :)

 

 

O lugar ideal para a cabaninha das caipirinhas...

 

Eu tenho jeito para fotografar ;)

 

A minha obra de arte :)

 

Ainda tenho mais umas fotos dos barquitos, mas adiciono mais tarde :)

 

pergunta: Qual sera o proximo destino? :D



publicado por Jo às 14:28 | link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito

Quinta-feira, 6 de Novembro de 2008

Ok… nao é verdade! Mas poderia ser… se eu acreditasse que a esperança para o retorno dos mamutes esta na clonagem dos ratinhos, porque nao poderia acreditar que afinal o Einstein nao morreu e ontem deu a aula de Logica, ao curso de Direito da Universidade de Antuérpia? Ou entao, poderia acreditar que era um clone… Nao?? Epa, tao cientifica nao sou, mas acho bem que apostem na clonagem e façam umas quantas como eu e o Brad Pitt para ver se um dia tenho hipoteses com ele! ;)

 
Ontem eu nao queria ir a aula de Logica (tu sabes Mario !). Na aula de Historia quase adormeci. Alias, acredito que por momentos fechei os olhos. Portanto, queria era ir para casa e comer, e dormir (o que acabei por nao fazer antes da uma da manha !). O peso na consciencia bateu, porque afinal na sexta e sabado nao vou as aulas, e acabei por ir…
 
A professora da cadeira foi para a China de férias (se calhar nao foi pa China, mas como nao sei para onde foi..olha…) e veio outro professor substitui-la. Epa, quando ele entra na sala, foi instantaneo… Nao é que parecia mesmo o Einstein ?? O mesmo rosto, corte e cor de cabelo, os oculos a cientista louco… epa, era mesmo ele… Até aqui tudo bem. Quando ele abre a boca para falar… aiiiiiii !!! Epa… Logica, ja por si, na minha opiniao tem tudo menos logica… Leccionada em holandes ainda pior. Mas ainda por cima o professor tinha um profundo sotaque alemao ! Epa… é que ele nao falava holandes, falava alemao com algumas palavras em holandes ! E depois a maneira dele falar… nao deu, começou a dar-me um ataque de riso, que disfarçava, escondendo o rosto no cachecol. Nao podia olhar para o lado… Dum lado a Hassia, vermelha como um pimento a tentar suster o riso, e a dizer « Eu nao percebo nada do que ele diz !! “ Do outro lado a Shirley, ja com lagrimas nos olhos, de tanta força que fazia para nao se rir… Eu so olhava em frente, ou po chao, com a cara escondida,e a desenhar nem sei o que na folha em branco que tinha a minha frente… Como é obvio, isto passou mas volta e meia la se ouviam risos contidos, porque o homem era simplesmente hilariante… nervoso a falar, com o seu sotaque alemao, e as suas piadas (que tinham mesmo piada!).
 
A aula acabou por ser espectacular, apesar de ele se enganar nos exercicios tres vezes e ser corrigido pelo craniozinho la da turma. Saimos todos de la super bem-dispostos e a rir com ele, que era uma simpatia.
 
Por fim acabei por confessar que depois do exame, vou pedir revisao… é que se ele se engana varias vezes numa aula na resoluçao dos exercicios e a Petra (a professora) também é costume enganar-se, quem me garante que nao se enganam a corrigir o exame ? « E quem vai rever o exame ? Tu ? » - perguntou a Shirley. « Pois claro ! e tenho a certeza que nao vou encontrar erros na resoluçao !! » J
 
Eu sei que isto de dar nomes as pessoas e encontrar sempre semelhanças com outros, tem de acabar… mas enquanto isso nao acontece, epa… tenham cuidado ! J


publicado por Jo às 12:22 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 5 de Novembro de 2008

Na Alemanha, um individuo rebentou a porta de uma loja...até ai tudo bem... nada de estranho. Até porque com o indice de criminalidade a aumentar por toda a Europa, isto ja nao é novidade... O bizarro mesmo, é que foi encontrado dentro da loja, deitado numa cama com 3 manequins (bonecos)... sim! é verdade... Pelos vistos, o individuo nutria uma certa tendencia sexual para bonecas de vitrine (e nao, nao sao as montras ca de Antuérpia).

 

O invasor sera acusado de invasao de propriedade privada e estragos causados.

 

O que é certo, é que ja na esquadra, este admitiu ter tido sexo com uma das bonecas (manequins, chamem-lhe o que quiserem!). Cada um com o seu fetiche... mas este Mundo nao esta mesmo doente?? Epa.. é que realmente ouve-se / le-se cada coisa... Mas va, antes isso, do que fazer mal a alguém como é obvio...

A foto das felizardas:

 

 

 

 



publicado por Jo às 12:14 | link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito

Segunda-feira, 3 de Novembro de 2008

Este post é dedicado a minha amiga "Miss you everyday" porque sei que ela gosta... beijinho para ti querida, e espero que esteja tudo bem ! :)

 

*******************************************************************************************************

 

6 de Novembro de 2005



Depois da tempestade de ontem, o dia acordou solarengo e eu com uma preguiça incrivel…

A minha vontade era ficar a dormir até as duas da tarde, mas não podia. O Vasco esperava-me para lhe explicar mais algumas coisas sobre o funcionamento da empresa.

Fui tomar um duche. Enquanto escovava os dentes, perdi algum tempo a olhar para o meu reflexo no espelho… Ja ha tanto tempo que nao o fazia… Passei a mão pela testa, puxei os cabelos ruivos para tras, e examinei as minhas sardas… Os meus olhos ja não eram de um verde-vivo como outrora, o meu cabelo laranja começava a fugir para o loiro. O meu rosto, em tempos redondinho, era agora magro com algumas rugas. Não me reconheço. As lágrimas quase saltaram, mas eu convenci-me que era uma alergia subita ao creme hidratante. Pensei em ti, mais uma vez… Lembrei-me dos teus olhos azuis, sempre tão vivos, sempre tão meigos… a raiva apoderou-se de mim e dei um murro no espelho com semelhante força, que o parti e fiquei com a mão a sangrar. « Sou uma assassina » -pensei eu. « Não tenho direito a viver ! »

Fui nua até ao quarto e deitei-me na cama. Não sei quanto tempo chorei, mas pareceu-me muito e ao mesmo tempo, pouco…

O teu aniversário seria daqui a dois dias e o máximo que posso fazer é deixar umas flores no teu tumulo. Perdoas-me, Ricardo ? Por favor ? Eu amo-te…


Quando cheguei ao escritorio, o Vasco esperava-me. Um sorriso tentador deu-me os bons dias. Perguntou-me se não queria tomar um café antes de começarmos a trabalhar . Eu disse que sim. Apetecia-me desesperadamente um cigarro.

Sentamo-nos na cafetaria. Ele era simplesmente lindo. Aquele sorriso punha-me a flutuar.

Falou-me da sua vida, de ja ter sido casado, de nao ter filhos, de viajar constantemente.

Eu nao falei da minha mas ele também nao perguntou.

Ja eram quase cinco da tarde quando voltou à minha sala. Bateu à porta e entrou:

- Sabes Sofia, estive a pensar, e se tivesses tempo poderiamos ir jantar… sei la, foi so uma ideia… - sugeriu timidamente.

Apanhou-me desprevenida. Nao sei explicar o que pensei, mas so tu vieste a minha mente e pensei que nao poderia ir… indo iria trair a tua lembrança, porque eu nao mereço ser feliz depois do que te fiz.

 



publicado por Jo às 20:35 | link do post | comentar | ver comentários (28) | favorito

Este sim, o meu blogue mais que pessoal...
mais sobre mim
posts recentes

Eu vou para outras parage...

Um ano...

Diferenças culturais...

Apanhei uma buba...

Chocante...

Nada melhor do que conver...

Apanhei uma buba...

ai...

é gozo nao é ?

Entao a modos que...

arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

mais comentados
47 comentários
45 comentários
42 comentários
41 comentários
36 comentários
36 comentários
comentários recentes
Olá, pessoalmente ficava pelo perfume da Armani......
existem diferenças! mas temos de assegurar que ele...
No plano mental é muito fácil julgar...
bem tenho andado desaparecido mas quando decido ve...
Ricardo, o link so nao é para alguns, mas é por es...
não era mais facil colocar logo aqui o link da nov...
Parabens... O teu blog eh fixe.Eu tbm ja tou cm o ...
E que muitos outros anos se repitam... para sempre...
Querida Jo,Fiquei triste, porque gosto de ir passa...
Adoro o blog
blogs SAPO
subscrever feeds