Quarta-feira, 6 de Maio de 2009

Nao tardam as eleiçoes... e o que realmente me incomoda é ter tantos deveres e nao ter o direito de votar. Na minha opiniao, se pago os impostos (que sao mais de 500 euros por mes), se pago para o sector social, se cumpro os meus deveres, nao deveria ter o direito de votar?

Quando me dizem que nao sei a sorte que tenho por nao ter que votar, da-me vontade de rir e respondo que sorte seria se nao tivesse os direitos, mas também nao tivesse os deveres.

Eu pago os impostos como qualquer colega meu. Eu pago para viver na minha cidade como qualquer colega meu. Eu pago anualmente pelos cuidados médicos tal como cada colega meu. Mas eu nao voto. Nao tenho direito. Nao sou belga. Mas tenho o dever de pagar tudo e mais alguma coisa.

O voto aqui é obrigatorio para quem tem a nacionalidade belga. Os meus colegas queixam-se porque sao obrigados a votar. Eu queixo-me porque nao me dao essa oportunidade. Depois de fazer 18 anos, ainda vivia em Portugal, fui votar assim que pude. O meu namorado na altura disse que era uma burrice ir votar, perder um domingo a tarde. Ele nao foi votar, mas eu fui. Perdi um domingo a tarde sim. O partido em que votei nem sequer ganhou. So what? Sempre fui da opiniao que quem nao vota nao direito de dizer "este governo é uma merda!" porque quando lhe é dada a oportunidade de "mudar" alguma coisa nao o faz. Eu gosto de me queixar mas queixar com base para tal. Eu estive la e votei, independentemente do resultado, e como tal posso dizer que os politicos nao valem a ponta dum corno e que o Socrates cheira mal dos pés. Posso dizer que o pais nao anda, etc. Mas se nao votei, se nao me preocupei em por os pés na camara municipal, como posso queixar-me? Apetecia-me dar uma chapada aos meus amigos cada vez que se queixavam do estado do nosso pais.

 

Agora aqui nao posso votar. E nao acho justo. Nao posso votar mas posso pagar. Nao posso votar mas a cada dia que passa tenho que levar com mais e mais filas de transito porque a cada dia que passa começam mais e mais obras na estrada para angariarem mais votos. Nao posso votar, e agora levo com filas a saida de Mechelen porque resolveram arranjar uma das vias que dao para a auto-estrada. Tenho que sair uma hora mais cedo de casa porque estao a trabalhar na auto-estrada Bruxelas-Antuérpia e so uma faixa esta acessivel. Chego a Antuérpia e deparo-me com um transito anormal para as 7.30h da manha e porque? Porque resolveram também no cais fazer umas obritas... e eu ca ando. Com todos os meus deveres e sem o meu direito de voto. Para muitos de voces posso parecer maluquinha, ja me disseram isso. Para mim era apenas usufruir de um direito que a muitos desagrada mas que a mim me faz sentir parte desta sociedade.

Que venham as eleiçoes. E eu mais uma vez fico por casa a ver os resultados na televisao...



publicado por Jo às 09:17 | link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De the_deepest_soul a 6 de Maio de 2009 às 09:57
Olá! Bom dia!

Por acaso não sabia que podiam votar. De facto não é muito correcto, mas ser obrigado a votar tb não é muito democratico.
Falo por mim ... vou votar por questão de cidadania, mas não ligo nenhuma a politica! CONFESSO! :p

kiss's


De Jo a 6 de Maio de 2009 às 10:08
Ola :)
Tb nao gosto de politica. Mas gosto menos ainda que me privem de algo. politica a mim nao me interessa muito mas antigamente nao havia o poder do povo, agora que o povo pode votar fica em casa... enfim..
beijoca e bom dia..


De Bichana a 6 de Maio de 2009 às 11:36
O teu ponto de vista é mais que compreensível amiga...
Mas eu sou das tais que não vota, acho que só votei umas 3 vezes em toda a vida...
bjnhos


De antoniofernando07 a 6 de Maio de 2009 às 12:46
Olá Jo
Eu não quero entrar muito na politica, mas vou-te dar a minha opinião.
Praticamente todos os candidatos fazem promessas como os namorados fazem promessas e mais promessas.
E no final?
Todos deixam promessas para trás.
Votar é um dever civico aonde a nossa consciencia fica mais tranquila.
Tem um bom almoço.

Bjn


De Alvaro Faustino a 7 de Maio de 2009 às 18:24
Enquanto estive em Portugal, exercia o meu direito a voto. Embora fosse em branco, já que não tenho fé nos politicos portugueses, o meu nome ficava marcado como voto, lá no livro da Junta. Agora em relação a votar aqui na Holanda, nunca me preocupei em saber. Sei que o posso fazer nas eleições portuguesas, mas nas daqui, não faço a minima ideia. Embora tenhamos os nossos direitos e deveres, não somos de cá. O voto é um dever de cidanania e não de cidadão.


Comentar post

Este sim, o meu blogue mais que pessoal...
mais sobre mim
posts recentes

Eu vou para outras parage...

Um ano...

Diferenças culturais...

Apanhei uma buba...

Chocante...

Nada melhor do que conver...

Apanhei uma buba...

ai...

é gozo nao é ?

Entao a modos que...

arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

mais comentados
47 comentários
45 comentários
42 comentários
41 comentários
36 comentários
36 comentários
comentários recentes
Olá, pessoalmente ficava pelo perfume da Armani......
existem diferenças! mas temos de assegurar que ele...
No plano mental é muito fácil julgar...
bem tenho andado desaparecido mas quando decido ve...
Ricardo, o link so nao é para alguns, mas é por es...
não era mais facil colocar logo aqui o link da nov...
Parabens... O teu blog eh fixe.Eu tbm ja tou cm o ...
E que muitos outros anos se repitam... para sempre...
Querida Jo,Fiquei triste, porque gosto de ir passa...
Adoro o blog
blogs SAPO
subscrever feeds