Quinta-feira, 11 de Setembro de 2008

Aqui esta mais um bocadinho :) espero que gostem :)

 

 

 

16 de Outubro de 2005
 
Já passaram quatro dias desde a última bebedeira... não que já não beba há quatro dias, mas não tenho estado inconsciente como estive há uns dias atrás... Podem não acreditar... e aliás nem preciso que acreditem... mas beber faz-me sentir mais segura... consigo pensar melhor... pelo menos nos primeiros momentos...
Porque depois começa tudo a andar à roda... e quando acordo, doi-me tudo... mas tudo isso passa, quando volto a beber...
 
Hoje vou mais cedo, mais uma vez, para passar em casa da Marcela... ontem à noite ligou-me a chorar... Hoje não vai trabalhar...Sinceramente, não compreendo os homens... ia dizer « certos homens », mas a verdade é que não compreendo mesmo nenhum... Ela é uma boa mãe e esposa... bonita, inteligente... e aquele homem, que de inteligente tem muito pouco, dorme com outras e destrói o bom ambiente familiar...
 
Sim, fui mais cedo... vesti um dos meus fatos Versace, que me sobrou do meu casamento, da minha vida tão distante... Hoje estiquei o cabelo, e maquilhei-me... e fui até casa da minha amiga...
 
Quando lá cheguei, abri a porta com a minha chave, entrei e encontrei-a deitada no sofá, coberta dos pés à cabeça. Estava a chorar. A Cátia também chorava, e veio logo abraçar as minhas pernas, com os seus bracitos pequeninos... O João estava sentadinho no chão, todo encolhido... Do António, o mais velhito, não havia sinal.
Tentei falar com ela, mas não adiantou. Estava fechada só para ela. Virei-me para os pequenos.
-           Vamos tomar um banhinho ?
Cátia acenou afirmativamente com a cabeça, mas muito timidamente. O João não se mexeu.
Peguei na pequenita ao colo e dei a mão ao irmãozinho. Levei-os para junto da banheira e dei banho a um e a outro. Estavam cansados. Notava-se que também não tinham dormido.
 
Vesti-lhes um pijaminha limpo, e com os dois ao colo fui até à cozinha.
-           Que queres tomar ?
-           Chocapic !!!
-           E tu, João ?
-           Leite com torradas. – respondeu-me timidamente.
Preparei o que me pediram, e depois de comerem, deitei-os na caminha. Procurei o António, que estava metido na cave a brincar com a farda de militar do pai.
-           Olá querido... então que fazes ?
-           Tia... posso perguntar-te uma coisa ? – perguntou-me com aqueles olhos enormes e luminosos.
-           Claro amor, tudo o que quiseres.
-           Tia... o meu pai está a fazer à minha mãe o que o tio fez a ti ?
A pergunta gelou-me o corpo... Não sabia que ele se tinha apercebido de tudo... o meu coração encheu-se de tristeza... Na altura ele tinha apenas sete anos. Na verdade, cada vez mais percebo que subestimamos muito as crianças...
-           Querido, o mundo dos adultos é muito complicado. Quando tu cresceres vais entender tudo. Mas para já não podes querer perceber certas coisas, que não são para a tua idade.
-           Mas eu já tenho dez anos !
Sorri e abracei-o. Pu-lo em cima das minhas costas e levei-o para a cozinha. Depois de lhe dar o pequeno-almoço pus a dar na televisão o seu desenho animado favorito, o « Dartacão ».
Voltei para a Marcela. Continuava coberta. Descobri-lhe a cabeça. Tinha os olhos inchados. As lágrimas continuavam a cair.
-           Amiga... – abracei-a.
-           Ele tem trabalhado muito... eu entendo... mas eu só lhe estava a pedir atenção...
Percebi então que ela não tinha descoberto nada... puxei um pouco mais o cobertor e vi as marcas roxas no pescoço. Uma raiva apoderou-se de mim e levantei-me.
-           Eu mato-o ! –exclamei.
-           Não ! não, por favor, não cometas loucuras ! Ele não queria fazer isto ! Por favor Sofia ! Não te metas !
-         Mas, Marcela ! Tu não podes aceitar isto ! – agarrei-lhe no rosto com as duas mãos. – não podes aceitar que ele te faça isto ! Que te bata, que te trate mal ! Tens que por um fim a isto !!
-           Um fim ? Um fim como tu puseste ? Que te vale o processo que te vai pesar para sempre nas costas ?
Mais uma vez magoou-me. Virei-lhe as costas, revoltada. Liguei para a mãe dela. Alguém tinha que tomar conta dos miúdos.
 
Saí, com os nervos à flor da pele, capaz de espancá-lo até não poder mais. Apanhei um táxi e saí mesmo à porta do tribunal. Entrei no seu escritório, e sem dar tempo à secretária de me avisar, invadi o seu local de trabalho. Estava em reunião com os jurados e deu um salto com o estrondo que a porta fez ao bater na parede, qual foi a força com que a abri.
-           Sofia...
-           Quero falar contigo !
-           Sofia, estou em reunião ! Espera-me lá fora.
-           Agora ! Agora mesmo Jorge ! – ele e os outros olhavam-me incrédulos.
-           Sofia, estou a meio de uma reunião, e não...
Interrompi-o :
-           Agora Jorge ! E tu sabes que é o melhor para ti !
 
 
Jo
 
 

tags: , ,

publicado por Jo às 08:22 | link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Porque te amo... a 16 de Setembro de 2008 às 17:47
Aguardamos a continuação desta história, Jo... :)


De Jo a 16 de Setembro de 2008 às 18:05
entao ja vou postar :) como pensei q ng lia, desisti... mas se tu les, ja vale a pena :) Obrigado :)


Comentar post

Este sim, o meu blogue mais que pessoal...
mais sobre mim
posts recentes

Eu vou para outras parage...

Um ano...

Diferenças culturais...

Apanhei uma buba...

Chocante...

Nada melhor do que conver...

Apanhei uma buba...

ai...

é gozo nao é ?

Entao a modos que...

arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

mais comentados
47 comentários
45 comentários
42 comentários
41 comentários
36 comentários
36 comentários
comentários recentes
Olá, pessoalmente ficava pelo perfume da Armani......
existem diferenças! mas temos de assegurar que ele...
No plano mental é muito fácil julgar...
bem tenho andado desaparecido mas quando decido ve...
Ricardo, o link so nao é para alguns, mas é por es...
não era mais facil colocar logo aqui o link da nov...
Parabens... O teu blog eh fixe.Eu tbm ja tou cm o ...
E que muitos outros anos se repitam... para sempre...
Querida Jo,Fiquei triste, porque gosto de ir passa...
Adoro o blog
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Vamos votar nos Xutos e Pontapés para Melhor Artista Europeu da MTV
blogs SAPO
subscrever feeds